Voltar ao site

Saiba como ajudar as vítimas das chuvas em Angra dos Reis e Paraty

Prefeituras das duas cidades abriram pontos para receberem doações. Moradores deixaram suas casas por conta de alagamentos, deslizamentos ou por estarem em áreas de risco.

· Notícias,Na Mídia

As prefeituras de Angra dos Reis e Paraty (RJ) estão recolhendo donativos para as vítimas da tempestade que deixou, até o momento, 15 mortos, no sábado (2).

Em Angra dos Reis, pelo menos 314 pessoas tiveram que abandonar suas casas e buscarem abrigos por conta de alagamentos, deslizamentos ou por morarem em áreas de risco. Já em Paraty, a prefeitura não divulgou o número de pessoas em abrigos.

  • Onde? Sede da Secretária de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania e Secretaria Executiva de Assistência Social - Praça Guarda Marinha Greenhalgh, n° 59, no Centro.
  • Horário: de 9h às 16h.

O que doar? Água, colchões, toalhas de banho, higiene pessoal (incluindo absorventes) e materiais de limpeza.

  • Onde? Escola Pequenina Calixto - Avenida Roberto Silveira, n° 1728, no bairro Parque Ypê
  • O que doar? Colchões de solteiro, água potável, roupas de cama, produtos de higiene pessoal, fósforos e velas para as comunidades sem energia.

Números da tragédia

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil ainda buscavam desaparecidos na tarde deste domingo (3) na Monsuaba e na Ilha Grande.

Também no sábado (2), uma mãe morreu soterrada junto com seis filhos na comunidade caiçara da Ponta Negra, em Paraty. Todos os sete corpos já foram retirados dos escombros e as buscas na comunidade foram encerradas.

Ação Cidadania

A Ação da Cidadania também está recebendo doações para as vítimas de Angra dos Reis e Paraty. A mobilização faz parte da campanha SOS Enchentes Brasil, que desde o ano passado vem reforçando o apoio para regiões acometidas por catástrofes e desastres naturais.

“Mais uma vez, o Rio de Janeiro sofre com as chuvas e as consequências são irreparáveis, com centenas de desabrigados e famílias que perderam o que foi construído durante uma vida inteira. A campanha SOS Enchentes Brasil já começou a direcionar as doações para as cidades fluminenses. Esperamos levar alimentos e itens de primeira necessidade ainda essa semana”, disse Rodrigo “Kiko” Afonso, diretor-executivo da Ação da Cidadania.

A entidade está abrindo as portas de sua sede, no Rio de Janeiro — Rua da Gamboa, nº 246, bairro Gamboa —, para receber ajuda direta da população, como alimentos, água, itens de higiene, colchões e peças de vestuário. O espaço fica aberto de 9h às 18h.

As doações em dinheiro podem ser realizadas através do site www.acaodacidadania.org.br ou pelo Pix sosenchentes@acaodacidadania.org.br.