Voltar ao site

"Não sei se vou comer amanhã". Veja relatos dos brasileiros que passam fome

Dez milhões de brasileiros ficam pelo menos um dia da semana sem comer. Na semana em que o Prêmio Nobel da Paz foi entregue ao Programa Mundial de Alimentação da ONU, o repórter Marcelo Canellas mostra como é a vida de quem não tem o que comer.

· Notícias,Na Mídia
Dez milhões de brasileiros ficam pelo menos um dia da semana sem comer. Com a pandemia, crise econômica e alta no preço de alimentos, a situação ainda deve piorar, segundo especialistas. Na semana em que o Prêmio Nobel da Paz foi entregue ao Programa Mundial de Alimentação da ONU, o repórter Marcelo Canellas mostra como é a vida de quem não tem o que comer.
 

Pessoas como Andressa Garcia Oliveira, moradora de Japeri, na Baixada Fluminense, que não tem comida para oferecer todos os dias aos sete filhos, são a razão de existir do ganhador do Nobel da Paz deste ano.
 

O anúncio de que o prêmio iria para a agência da ONU que cuida de gente com fome surpreendeu a todos. Inclusive à própria WFP, sigla em inglês para o Programa Mundial de Alimentação.
 

O WFP atende a 100 milhões de pessoas todos os dias com uma frota de 100 aviões, 40 navios, caminhões, helicópteros. Veja os detalhes na reportagem.
 

Quer ajudar?
Quem quiser ajudar, pode doar através do site do Ação da Cidadania, clique aqui ou entre em contato pelos telefones do Comitê da Ação da Cidadania e Comitê do Município de Japeri:

(21) 9.7303-5743
(21) 9.9334-6743

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK